Turismo no Interior Alentejano
Artigo colocado a 31 May, 2011 em Turismo rural Alentejo

Se a sua ideia de férias é um local calmo, cheio de história e com paisagens de vastas planícies, o interior do Alentejo é o local ideal para si. Com muito por descobrir, o Alentejo é um das regiões de Portugal com maior tradição e fabulosa gastronomia. As cidades e vilas com as suas casas caiadas a branco, em contraste com a planície de cor dourada, transmitem ao visitante uma sensação de pacatez, típica desta região.

interior alentejano

Alojamento e Turismo no interior do Alentejo

São vários os tipos de alojamento que pode escolher, desde os mais económicos aos mais luxuosos. Com uma vasta rede de turismo rural e de habitação, são muitas as quintas e casas tipicamente alentejanas onde poderá ficará. As pousadas de cariz histórico, são outra das opções elegantes. Pode encontra-las em Évora, Beja, no Alvito ou no Crato. As pousadas da juventude são um pouco mais em conta, com instalações agradáveis, algumas delas em espaços históricos, como é o caso da Pousada de Évora ou algumas das casas de turismo rural em Evora. Para espíritos mais naturalistas, os parques de campismo existentes, seja em tendas ou em bungalows, podem ser uma boa opção. Tudo irá depender da sua personalidade e claro, do que está disposto a gastar.

Gastronomia do Alentejo

É umas das mais ricas e apreciadas, especialmente em conseguir pratos deliciosos com pouco ingredientes, como é o caso da açorda alentejana. Os pratos de carne dominam o Alentejo: seja o cabrito guisado, a lebre com feijões vermelhos, o coelho frito em azeite, ou simplesmente a carne de porco à alentejana, estes pratos tem sabores fortes e bem condimentados.

Os pratos de peixe que encontra nesta região, são à base de peixes de água doce, como o sável ou a lampreia. Os enchidos estão presentes na confecção de muitos dos pratos típicos, de destacar os chouriços de Nisa, Arraiolos ou Castelo de Vide.

Também os queijos têm especial importância, os melhores são sem dúvida os queijos de ovelha de Nisa, Évora ou Serpa ou queijo de cabra do Alandroal. E se possível, sempre acompanhado de um bom vinho da região. Borba ou Vidigueira tem excelentes castas.

A doçaria alentejana passa pelos bolos de Évora, com base de ovos e massa de amêndoa, assim como pelos doces conventuais de Portalegre e Beja.

O que visitar no interior do Alentejo

    Partindo do Norte do Alentejo, as cidades e vilas de Nisa, Castelo de Vide, Marvão, Alter do Chão e Portalegre, são locais a passar, quanto mais não seja pelos magníficos castelos que todas tem, ou não fizessem parte da conhecida Rota dos Castelos.

    Em Marvão pode visitar também as ruínas arqueológicas da Ammaia, uma importante cidade romana, assim como o Parque Natural de São Mamede. A vila está dentro de muralhas e a altura em que se encontra permite desfrutar de uma magnífica paisagem.

    Na cidade de Portalegre, os principais pontos de interesse são a Sé Catedral, a Casa Museu José Régio, as casas apalaçadas e Convento de São Bernardo.

      Montemor-o-Novo e Vila Viçosa, são outras das vilas alentejanas mais belas. Em Montemor-o-Novo é possível visitar os seus conventos e igrejas e em Vila Viçosa, o fabuloso palácio ducal e castelo.

      Évora é uma das principais cidades do Alentejo, com monumentos encantadores e igrejas um pouco diferentes das habituais. O templo de Diana é sem dúvida uma referência em Évora. Com sucessivas ocupações, esta cidade é rica em história, por isso são vários os locais arqueológicos em redor dela, como é o caso do Cromeleque dos Almedres e menir. Dentro da cidade, passe pela Sé, pela praça do Giraldo e pela tão conhecida capela dos Ossos. De arrepiar até os mais corajosos.

        Beja é uma cidade um pouco mais pacata em comparação com Évora, mas igualmente com monumentos interessantes que merecem a sua visita. O castelo é um deles, assim como a Sé e Museu Regional Rainha D. Leonor. O festival OviBeja é um dos grandes acontecimentos que não pode perder entre os meses de Abril e Maio. Música, exposições, artesanato, gastronomia, muita cultura e diversão.

        Mértola fica mesmo no sul do Alentejo, quase próximo da fronteira com o Algarve. A não perder sem dúvida a Igreja Matriz, com vestígios arqueológicos da antiga mesquita, o Castelo e o Museu Municipal, com a sua colecção de cerâmicas islâmicas.

          Estes são apenas alguns dos locais de referência para ter uma visão geral do que é o Alentejo e o turismo no alto Alentejo. No entanto, recomendamos também visitas a Arroiolos, Crato, Elvas, Estremoz, Borba, Alter do Chão, Ponte Sôr, Alvito ou Moura. Com tanto por visitar, é só escolher um local e desfrutar dele ao máximo. Viva o Alentejo em pleno!

          Comentários
          • [...] prima pelo seu ambiente familiar e acolhedor. Situa-se num dos lugares mais encantadores do interior alentejano, a vila de Monsaraz. Tem seis quartos e uma suite todos com casa de banho privada, ar condicionado, [...]

          Preencha o formulário abaixo para enviar o seu comentário
          'Login')); ?>




          (C) 2011 Turismo Rural Alentejo | Tema Wordpress exclusivo por Sybo